Nome:
Localização: Portugal

terça-feira, dezembro 12, 2006

Sinto(-me) que...

trilho
ruas
infindáveis
sem
ter
esperança...

3 Comments:

Anonymous RR said...

Nunca percas a esperança, ela pode ficar pequenina mas não a deixes morrer.Sempre que precisares de algum apoio e de uma pequenina chama para tentar aumentar essa esperança conta comigo e com todos os amigos, estamos aqui para isso. Anima-te, não gosto de te ver assim! Um grande beijinho!

11:47 da tarde  
Blogger Luísa said...

Tu realmente deves ter umas quantas veias e artérias artisticas.

Bjos

9:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não sei o que te dizer... bolas... nunca sei o que te dizer!
Mas para qualquer coisa que queiras, sabes onde me encontrar e pelo menos sei que te posso ouvir... sempre!
Beijinhos.
Ana A.

6:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home